Judas malhados e queimados


20150404044149Esse_sera_queimado_em_frente_a_associação_amaca_alto_do_cabrito_vi
20150404044514queima de judas do parque santa rita ,itinga.jpg
201504041peleg.jpg

Subúrbio

Bruno Resis judas.jpg

Fortaleza-Ceará

da cunha judas.jpg

Conjunto dos Bancários no Stiep

judas stiep 1.jpg

Malhação de Judas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre com adaptação de texto de Guilherme Santos Repórter

Queima de Judas

Malhação de Judas ou Queima de Judas é uma tradição vigente em diversas comunidades católicas e ortodoxas que foi introduzida na América Latina pelos espanhóis e portugueses. É também realizada em diversos outros países, sempre no Sábado de Aleluia, simbolizando a morte de Judas Iscariotes.

Consiste em surrar um boneco do tamanho de um homem, forrado de serragem, trapos ou jornal, pelas ruas de um bairro e atear fogo a ele, normalmente à noite. . No Brasil é comum enfeitar o boneco com máscaras ou placas com o nome de políticos, técnicos de futebol ou mesmo personalidades não tão bem aceitas pelo povo. Na maioria dos lugares o boneco é recheiado de fogos de artifício que o queimam e explodem após serem lidos os testamentos cheios de humor e que envolvem as pessoas da comunidade.

Imagens de judas que serão malhados no Subúrbio do Alto do Cabrito e no Conjunto Santa Rita em Itinga, respectivamente municípios de Salvador e Lauro de Freitas e vários outros locais.

Quem sou eu?

Guilherme Santos, repórter, radialista e comunicador baiano que atua a serviço da população há mais de 30 anos

Matérias anteriores